amulherdotalhante a 10 de Dezembro de 2009 às 11:51
Só podes estar a gozar????
Um relógio que custa 5000€? Colunas a custarem mais de 2000€?? Mas em que mundo é que tu vives??? Ainda não ouviste dizer que estamos em crise???
Tudo bem que tu até és um gajo porreiro, animas a malta e tens cumprido com os teus deveres maritais de forma exemplar... mas depois de analisar a tua RICA LISTA para o barbudo, chego à brilhante conclusão que afinal não és assim tão fixe
Deste modo, meu queriduxo , acho que te vou dar um ou dois pares de "truços " que é para tu aprenderes a não seres soberbo.... Os putos andam há mais de um mês a ouvir a ladainha "olhem que o Pai Natal é pobre e não pode gastar muito dinheiro, peçam pouca coisa, blá blá blá blá" e o rico paizinho faz-me uma lista destas!!!! TENS CÁ UMA LATA[:<]

Justiceiro a 10 de Dezembro de 2009 às 12:15
Gostava muito não te desiludir mas as colunas são um "pouquinho" mais caras! Esse preço é apenas a da central... Mas porque tens de falar em dinheiro? O que interessa é apenas o amor. Quando há amor tudo se supera... Bem, dás-me o relógio e depois o resto logo se vê. Olha... faço anos em Janeiro dás-me o resto aí (não?)! SIM. Deixa lá a crise e pensa na infelicidade que estou sujeito por não possuir estas pequenas coisas insignificantes...
Tenho dito (terás a minha morte na tua consciência!)

Justiceiro a 10 de Dezembro de 2009 às 12:18
Esqueci-me
(Pode ser que resulte)

amulherdotalhante a 10 de Dezembro de 2009 às 12:20
... Hás-de ter muita sorte, meu menino[>;P]

Desbrida a 12 de Dezembro de 2009 às 23:12
ainda estou a rir...ainda por cima fazes lista de prendas??já não tens idade para isso coitados dos teus amigos e esposa...pedes pouco!!hum pelo andar da carruagem acho que recebes os livros e filme...e mesmo assim já é muito! em vez de muito feliz ficas contente também não é muito grave não teres todas as prendas que queres

Justiceiro a 16 de Dezembro de 2009 às 10:35
Não é grave? Dizes tu... A minha vida depende disto. Não é preciso tudo (confesso), mas sou bem capaz de abdicar dos livros. Sei que a vida custa a todos, por isso mesmo já não os quero... Depois faço um sacrifício e compro-os do meu bolso!
Tenho dito (eu até nem pus tudo na lista, que é para não me chamarem de sem vergonha!).