Miguel Vaz a 28 de Setembro de 2011 às 16:30
É com orgulho mas ao mesmo tempo com alguma tristeza que li, "o depoimento de ex testemunhas de jeová à agencia Lusa", e cheguei a conclusão que são estas pessoas que podem e conseguem mostrar a realidade de uma religião que aos nossos olhos são como todas as outras, mas só quem já passou por "lá" é que sabe, entende e compreende (as vezes não) as atitudes que os outros elementos têm dentro e fora da religião. Dou valor ao Justiceiro por não ter medo que o critiquem, que o ignorem, ou ate que o excluam da familia, nesta religião como podem verificar a frase ( a família acima de tudo) não faz qualquer sentido. Na minha família (parte do pai), são bastantes os que frequentam as Testemunhas de Jeová, alguns já me tentaram converter num deles mas sem sucesso, pois após a segunda semana  vi que não fazia sentido deixar de ter os hábitos e costumes de um rapaz normal na sua adolescência, para passar a ser um cordeirinho..quando me deparo com alguns elementos da minha família noto na cara deles que são pessoas infelizes, parecendo que vivem num buraco e só saem para se misturarem com os outros elementos num salão ou então para andarem de porta em porta... 
JUSTICEIRO continua com os teus posts, que é para poderes incentivar todos aqueles que querem ou até já saíram da seita mas não têm coragem de se manifestarem..Bom sucesso..

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres