deixar comentário
publicado por Justiceiro, em 12.12.10 às 19:47link do post | favorito

Sempre fui ensinado a acreditar em algo superior a nós, numa divindade suprema que zela pelo bem de toda a humanidade.

Todo e qualquer Ser humano deveria ter algum tipo de crença, no mínimo admitir a existência de um qualquer deus, fosse ele de que confissão fosse... Depois (infelizmente muito depois), verifiquei que acreditar num Ser Todo-poderoso, além de não fazer sentido, não fazia de mim melhor pessoa...

 

sinto-me:

Justiceiro a 13 de Dezembro de 2010 às 15:14
Qual foi a parte do discurso que não entendeu?

Fica aqui mais um discurso daquele que o senhor diz "não acreditar em deus":

"O meu sentimento COMO CRISTÃO pôs-me diante do meu Senhor e Salvador como um lutador. Recordo-os de que este homem uma vez na solidão, cercado apenas por alguns seguidores, reconheceu estes judeus por aquilo que eram e dos homens convocados para lutar contra ele, e que era um Deus de verdade! E foi maior, não como um doente, mas como um lutador. No seu amor sem limites, eu como um cristão e como um homem, onde eu leio a passagem através do qual o Senhor nos diz como subiu em Suas apreensões e uso do flagelo para fazer sair do Templo aquele bando de víboras. Como foi terrível a sua luta contra o veneno judeu. Hoje, após dois mil anos, com profunda emoção que reconhecemos mais profundamente do que nunca o fato de aquele homem que teve o seu sangue derramado sobre a Cruz. Como um cristão não tenho o direito de permitir-me a ser enganado, mas eu tenho o dever de ser um lutador da verdade e da justiça. E se há algo que poderia demonstrar que estamos a agir correctamente, é que o sofrimento cresce diariamente. Como um cristão, eu tenho também um dever para com o meu próprio povo. E quando eu olho o meu povo e vê-los trabalhar e trabalhar, e no final da semana eles têm apenas para si mesmos um salário miserável e a miséria como companhia. Quando eu saio de manhã e ver estes homens de pé em suas filas e olhar em seus rostos amargurados, então creio que seria eu não cristão, mas um grande demónio se eu não sentir pena deles, como fez o nosso Senhor dois mil anos atrás, por sua vez contra aqueles por quem hoje estas pessoas pobres são pilhadas e exploradas”



eu acredito em ti e estarei sempre contigo a 13 de Dezembro de 2010 às 22:19
Embora me considere discípulo de Jesus o Cristo. Embora me considere Católico Apostólico Romano, tenho de aceitar as criticas ao que a igreja que se diz de Cristo tem feito ao longo dos séculos e ainda hoje continua a fazer. Também eu me envergonho, como muitos outros, de todos os crimes cometidos ao abrigo do nome DEUS. Respeito-te, permite-me que te trate assim, e compreendo-te. Aceito-te tal como és, com as tuas virtudes e os teus defeitos, até porque eu só tenho defeitos. Na verdade DEUS não se quer impor a ninguém e muito menos impor a Sua vontade. A mim e a DEUS, a tua comparação não ofende porque tens o direito de te manifestares e de acreditares ou não. Mas quero dizer-te que o facto de existirem ateus se deve exactamente aos desmandos que o homem fez e faz em nome de DEUS . Verdadeiramente tu não és ateu mas sim alguém revoltado contra tanta maldade, tragédias, guerras, perseguições, miséria, sofrimento, injustiça, e muito mais.
E sabes porque és um revoltado? Porque sempre ouviste dizer que DEUS era bom . É verdade, o mal reside aí. No desconhecimento de quem é verdadeiramente DEUS. Fala-se demais mas faz-se pouco. Talvez te choque mas DEUS não é bom. Bom até tu e eu somos. Por muito que custe, DEUS não é bom; DEUS é JUSTO, e justiça implica não se impor nem impor a sua vontade , implica amar a toda a humanidade da mesma forma, sem diferenças, sem eleitos ou preferidos.
S.João no seu evangelho diz: DEUS É AMOR.
Dentro de cada um de nós está DEUS e está o demónio. Quando fazes algo de mal, não és tu quem o faz, mas o demó nio que está em ti.Do mesmo modo, quando amas , não és tu mas sim DEUS que está em ti. Assim sendo, ainda que te digas ateu, ELE continua a viver dentro de ti e como tal a amar-te como seu filho, como meu irmão. Não te preocupes porque alguém não te aceita nem aceita as tuas opiniões porque ELE e eu aceitamos-te. Obrigado por LHE teres dedicado o teu blog. Um abraço verdadeiramente fraterno deste teu irmão nesse DEUS

mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
29
30


pesquisar
 
PlanetaPortugues: O motor de busca de Portugal


.

Assista ao documentário

"O Mundo Perfeito de Jeová"

clicando em baixo