Justiceiro a 23 de Outubro de 2009 às 13:27
Eles não acham que são mais ou menos que os outros, eles simplesmente julgam-se superiores a todos os que não fazem parte da mesma religião . Dá para perceber isso só pela maneira que tratam todos os outros: "os do mundo". Como se eles não vivessem cá, não pertencessem também a este planeta! Que sejam diferentes (julgam eles), tudo bem, mas que se achem acima de toda e qualquer pessoa, aí já é mais complicado. Depois não gostam que sejam apontados do dedo ou que alguns os ridiculizem por causa de alguma falha cometida; eles é que dão origem a isso com a sua suposta perfeição. Querem passar uma imagem de pessoas quase igualaveis aos santos, com uma moral acima da media e depois quando erram (como toda a gente) não gostam de ser faladas... Eu gostaria muito de poder deixar andar (afinal nem em Deus acredito), mas conheço alguem muito chegado que sofre por causa das "leis internas" das Testemunhas de Jeová, que é privado da convivencia dos os seus pais e irmão por causa de uma seita que manipula diariamente todos os seus fiéis, obrigando-os a aceitar tudo de uma maneira cega.
As TJ não pensam por elas mesmas, quem manda nas suas vidas são os "anciões", esses sim, os verdadeiros donos do seu cerebro...
Tenho dito (razão tem o Saramago!)
Beijos e bom fim de semana (trabalha-se?)

Desbrida a 23 de Outubro de 2009 às 21:16
continuo parvinha de todo!!como é possível nos dias de hoje... jitos e aproveita bem o fim de semana (não trabalho...mas tenho aulas no sábado!!) tu é que tens sorte!!!