deixar comentário
publicado por Justiceiro, em 13.10.09 às 12:44link do post | favorito

 

  

“Tenho a agenda tão carregada como presidente de câmara que não tenho tempo para a campanha”. A frase é do presidente da Câmara de Gondomar, Valentim  Loureiro. “Ganhámos, ganhámos, ganhámos", começou assim o Senhor Major o seu discurso de vitória.

 

Em Valentim Loureiro já nada me surpreende, nem as suas declarações,  consideradas por muitos como autenticas pérolas (infelizmente não raras). Quando alguém trata a população Gondomarense por Tu, apelando ao voto de uma maneira quase irrealista, parecendo que está a falar para os amigos (mesmo que ele teime em ter todos os Gondomarenses como amigos), fazendo deles uns autênticos ignorantes e atrasados mentais,é porque já não se tem vergonha de nada. Da minha parte não preciso que me venham ensinar onde colocar a “cruzinha” pois sei bem em quem votar. Bem sei que existe uma grande parte da população de Gondomar que não sabe ler, com pouca informação e escolaridade, mas ninguém é burro ou anormal. Os discursos do Senhor Major são bons para quem se deixa manipular facilmente e que permite que a fanfarronice sirva como pretexto para votar nele. Devido a tal atitude, ele perdeu um voto: o meu. Não adiantou de muito mas fiz a minha parte. Estou farto de ver a Câmara (e os seus funcionários) a serem usados para benefício próprio. Há alguns anos atrás, tratava-se na Câmara Municipal de Gondomar de assuntos da Liga Portuguesa de Futebol Professional (entre outros), depois veio o processo Apito Dourado, e ha que ver alguns trabalhadores da autarquia ao serviço do Exmo. Senhor Presidente e o seu Vice (Senhor Oliveira).

 

Mas parece que o Major lá ganhou e há que felicitá-lo. Parabéns Senhor Major, está na Câmara para mais 4 anos (se não houver nenhuma novidade até lá!). Lá vai continuar a palhaçada durante mais esse tempo todo! Mas cuidado Major, já não tem a maioria absoluta.

 

Vamos lá ver no que isto vai dar, se alguns tachinhos se irão manter, ou se alguém ainda vai ter de ir “reformado” compulsivamente… Tinha tanta pena de ver uma Germana ter de ficar sem a gamela, ou até mesmo um Castro Neves, mas enfim, é a vida (acho que não devia ter escrito nomes, mas agora não os consigo apagar!).

 

           Viva o Major Valentim Loureiro.

 

 

 

 

sinto-me:

Lisinha a 14 de Outubro de 2009 às 14:45
Meo Amigo , se vais continuar a falar de coisas tristes, é melhor avisares, para eu não perder o meu valiosa tempo a ler um blog que até aqui tinha "em certo gostinho", tens uma vida e uma forma de vida que dá pano para mangas , não tens de pedir auxilio a "Senhores que tais" para encher linhas de blog. Até já ; ou até ao próximo jantar!!!!!

Justiceiro a 14 de Outubro de 2009 às 15:07
Fui ameaçado? Não se trabalha? A escrever a estas horas? Tantas perguntas para tão poucas respostas! Essa da "vida e forma de vida" não entendi... ainda por cima que "dava pano para mangas"... Andamos a falar por código ! Atenção que eu sou muito sensível e desato já aqui a chorar (o costume!). Exijo que reponhas aqui JÁ a minha honra!!! Se bem entendi , tu queres é que conte a minha vida toda aqui, correcto ? Prefiro guardar isso para o próximo jantar (em minha casa)...
Tenho dito (ninguém diga que está bem!).

mais sobre mim
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
15
16
17

18
19
20
23

25
26
27
29


pesquisar
 
PlanetaPortugues: O motor de busca de Portugal


.

Assista ao documentário

"O Mundo Perfeito de Jeová"

clicando em baixo