deixar comentário
publicado por Justiceiro, em 15.09.09 às 13:55link do post | favorito

 

 

No passado dia 29 de Agosto assisti ao casamento do meu melhor amigo. Pelo que sei era algo que ele ansiava há já muito tempo... Depois de uma união de 5 anos com agora sua esposa (!), lá chegou finalmente o grande momento. Estava um dia de calor (talvez alguns 33, 35 graus), o noivo, esse transpirava incessantemente, não sei se devido ao calor, se apenas por simples nervosismo. Ele mesmo confidenciou-me que antes do grande enlace tinha ido até a piscina dar uns mergulhos para relaxar e repor as ideias no sítio. Não é que ele não soubesse o que queria, ou que simplesmente duvidava se esse passo era o mais certo, mas algo mexia com ele. Talvez o nervoso miudinho, o simples facto de ter esperado 5 anos por este momento e que finalmente tinha chegado. Acho que ele próprio ainda não tinha consciência que o dia chegara...

O enlace deu-se num cenário bucólico, no Marco de canaveses, numa pequena quinta muito bonita e cheia de história... A cerimónia civil realizou-se no jardim, debaixo de algumas árvores centenárias. Depois dos trâmites legais e daquela ladainha toda da cerimónia, chegou finalmente a parte da troca de alianças. Quando o noivo abre a caixa que continha a aliança da noiva, o mesmo olha para todos os convidados e exclama: “a aliança não está aqui”. Logo ali a sua sogra pensava que era mais uma das suas habilidades e exclamou: “… já vais começar?” O facto é que a aliança não estava mesmo na caixa! Era ver todos os convidados de cabeça para baixo a procura da aliança e até mesmo a conservadora meteu mãos a obra. Depois de alguns segundos de rabo para cima, o noivo grita: “está aqui, afinal estava na caixa”. “És sempre a mesma coisa” replica a sogra. O noivo explicou que a aliança tinha deslizado por baixo duma almofada que ajudava a segurar a mesma. Será, não será? Mistério! Bem, pelo menos foi um momento digno de registo!

Uma coisa intrigava a noiva. Porquê que o noivo não tirava os óculos mesmo durante a cerimonia? Fácil, parece que lhe tinha “entrado algo para os olhos” e que devido a tal facto tinha esses cheios de lágrimas!

            Lá correu o jantar normalmente e finalmente chegou a hora de abrir o baile. A música escolhida pelos noivos foi de um musical francês: Notre Dame de Paris. O titulo da musica: Belle. Já tinha visto muita coisa, mas nunca tinha visto um noivo chorar tanto… O que se passa contigo!? No dia seguinte ele mesmo comentou que estava com medo. Todos os sinais indicavam que se estava a tornar numa gaja e numa gaja sensível (o que deixa ainda mais medo!). Debaixo daquela aparência de homem bruto e por vezes duro nas palavras, esconde-se uma pessoa que muito poucos conhecem. É claro que o …. que toda a gente conhecia não é o mesmo, a vida encarregou-se de o moldar e com uma ajuda da sua esposa (ainda a quem diga que as mulheres não fazem bem!).

 

 

            Foi um dia memorável que correu muito bem. O noivo irradiava felicidade por finalmente, e ao fim de tantos anos, ter casado com quem ama.

 

            Felicidades aos noivos!

 

 Video de abertura do baile.

tags:
sinto-me:

mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
16
17
18
19

20
21
24
25
26

27
28
29


pesquisar
 
PlanetaPortugues: O motor de busca de Portugal
subscrever feeds


.

Assista ao documentário

"O Mundo Perfeito de Jeová"

clicando em baixo