deixar comentário
publicado por Justiceiro, em 09.09.10 às 13:53link do post | | | favorito

O meu desporto favorito... Infelizmente, cada vez o pratico menos!

sinto-me:

deixar comentário
publicado por Justiceiro, em 05.03.10 às 20:03link do post | | | favorito

 

       Pois é, ando sem vontade para escrever. Não sei se é impressão minha, mas parece que não devo de ser caso único. Acho que o tempo é o culpado de tudo isto. Há quantos dias é que não se contempla o sol? Foram várias as vezes que acordei e pensei: “é hoje que vou deitar abaixo aquele blogue”. Sinceramente ainda não sei se o faço ou não… Na impossibilidade de descarregar as minha “frustrações” do dia-a-dia em alguém, a minha vontade é apagar aqui o desgraçado e “viver” (!) apenas dos comentários nos blogues de outros. O pior é que nem aí tenho vontade de escrever…

Como se costuma dizer na minha terra: ando com uma rebarba! Não é que seja obrigado a escrever frequentemente, mas ter um blogue a monte faz-me confusão. Já que arqueei com esta “responsabilidade”, há que lhe dar saída! Mas valha-me deus (um qualquer!), não tenho vontade… E agora, que faço? No mínimo, que venha sol… e rapidamente.

sinto-me:

deixar comentário
publicado por Justiceiro, em 02.10.09 às 13:03link do post | | | favorito

           O que leva algumas pessoas que, embora vivendo perto, teimam em fazer da curta distancia um obstáculo?

 

Hoje e pela segunda vez num espaço de um mês, recebi uma chamada de um familiar muito chegado, no mínimo muito estranha… O telefonema tinha como objectivo saber se estava tudo bem comigo e como “vão as coisas”… Nada mais normal, se não fosse o facto de todos os dias passar relativamente perto da sua residência e de ela mesmo ter conhecimento de tal facto. Notei que essa pessoa me queria dizer alguma coisa. Na sua voz constatei que existia nervosismo, mal disfarçado por alguns risos tímidos, deixados escapar no meio do nosso curto diálogo, risos esses que não faziam sentido, pois a conversa era num tom sério…

 

Estou com uma leve sensação que alguma coisa não vai bem, que me querem dizer algo mas não conseguem. Porquê complicar o que por si só é simples? Quando deixamos que alguma coisa ou alguém se intrometa no seio da nossa vida, mais cedo ou mais tarde sofremos as consequências.

 

Não fujo, estou e estarei aqui pronto para mais uma vez esquecer tudo…

 

 

 

 

 

tags:
sinto-me:

mais sobre mim
Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


pesquisar
 
PlanetaPortugues: O motor de busca de Portugal
nº de visitas da freguesia
encerramos ao Domingo
quantos fregueses andam por aqui agora
tradutor


.

Assista ao documentário

"O Mundo Perfeito de Jeová"

clicando em baixo