deixar comentário
publicado por Justiceiro, em 05.02.10 às 00:31link do post | | | favorito

       Ao fim de alguns dias ausentes da blogosfera, eis-me aqui novamente! Tenho tido pouca vontade para escrever. Este meu desejo pela escrita, perdeu-se no fatídico dia 28 de Janeiro (creio não estar errado), mais precisamente no dia da marcha lenta dos enfermeiros. Como é do conhecimento de quem convive comigo, tenho por hábito ser pontual para com todos os meus compromissos e não convivo bem com atrasos. É evidente que por um ou outro motivo os mesmos podem sobrevir, mas de uma maneira geral orgulho-me de ser sempre pontual. Nesse trágico dia 28 a minha imagem de marca foi posta em causa! Ao chegar junto da VCI fui confrontado com uma fila interminável de automóveis. Sem saber muito bem o que se estava a passar, fui-me meter na boca do lobo. Onde estava naquele momento as informações de trânsito via rádio? Onde se encontrava aquele jornalista da TSF que costumava advertir o pobre automobilista de uma eventual paragem no seu caminho? Nada. Não ouvi nada! É sempre nos momentos mais complicados que estas informações tardam em chegar. Escusado será dizer que fui parar ao centro da confusão. Não me lembro de ter amaldiçoado alguém com tanta violência como naquele dia. Tinha pouca mais de meia hora para o meu compromisso. Devido a minha grande destreza como piloto (!), consegui sair do meio daquele imbróglio, e mesmo assim chegar 3 minutos atrasado…

       Acho bem que se lute pelos direitos, mas não concordo que se prejudique e que se utilize outras pessoas para conseguir atenção. Aprecio o trabalho dos enfermeiros e dou-lhes valor. Não gostei de ter de fazer malabarismos e sujeitar-me a chegar tarde. Ouvi relatos de pessoas que se atrasaram 3 horas nos seus empregos. Espero que pelo menos tudo isto tenha valido a pena e que consigam os seus objectivos. Espero que a minha “cliente” aqui do Talho, a menina desbridamentocerebral, não fique muito chateada comigo, mas acho que se naquele dia a tivesse visto, era ela mesmo que iria levar com toda a minha fúria! Mesmo assim não guardo ressentimentos… um dia todos iremos precisar deles (dos enfermeiros)…

 

   
     

 

tags:
sinto-me:

Desbrida a 6 de Fevereiro de 2010 às 16:05
não fico chateada e compreendo perfeitamente mas é uma forma de manifestar o nosso descontentamento como fazem os camionistas entre outros... é chato mas pior que isso é o problema e humilhação para a classe profissional que não é valorizada devidamente pois não nos pagam como licenciados e fazem uma proposta para pagarem menos!! Isto não implica apenas dinheiro mas interfere também com a qualidade dos cuidados prestados aos nossos doentes, pois exige muitas horas de trabalho o que leva a exaustão e descontentamento para recebermos um ordenado mais ou menos...pois mesmo assim pagam menos 500euros que deviam! Como nunca nos deram grande atenção nas manifestações anteriores desta vez foi mais aos extremos... sorry pelo atraso mas considero que valeu a pena porque ao menos conseguimos chamar atenção! jitos e bom fds

Justiceiro a 7 de Fevereiro de 2010 às 13:28
Pronto, estás perdoada! Não sei como é que ficou isso, mas que tenha servido pelo menos para alguma coisa... Deixa lá que eu estou bem pior do que tu... Aumentos zero!
Tenho dito (a luta continua).
Beijos

Graça Coelho a 8 de Fevereiro de 2010 às 16:11
3 minutos? 3 minutos não foi nada! considera-te na mesma pontual!

Tenho sorte de não trabalhar no Porto, livro-me dessas coisas. No sítio onde trabalho apanho é mais tractores... espero que não se lembrem de fazer uma marcha lenta também...!

Justiceiro a 8 de Fevereiro de 2010 às 22:11
É o que dá viver e trabalhar na aldeia! Quando vens a cidade, não te faz confusão veres mais de dois carros na estrada!?
Tenho dito

mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

15
16
18
20

22
23
24
25
26
27

28


pesquisar
 
PlanetaPortugues: O motor de busca de Portugal
nº de visitas da freguesia
encerramos ao Domingo
quantos fregueses andam por aqui agora
tradutor


.

Assista ao documentário

"O Mundo Perfeito de Jeová"

clicando em baixo