deixar comentário
publicado por Justiceiro, em 15.09.09 às 13:55link do post | | | favorito

 

 

No passado dia 29 de Agosto assisti ao casamento do meu melhor amigo. Pelo que sei era algo que ele ansiava há já muito tempo... Depois de uma união de 5 anos com agora sua esposa (!), lá chegou finalmente o grande momento. Estava um dia de calor (talvez alguns 33, 35 graus), o noivo, esse transpirava incessantemente, não sei se devido ao calor, se apenas por simples nervosismo. Ele mesmo confidenciou-me que antes do grande enlace tinha ido até a piscina dar uns mergulhos para relaxar e repor as ideias no sítio. Não é que ele não soubesse o que queria, ou que simplesmente duvidava se esse passo era o mais certo, mas algo mexia com ele. Talvez o nervoso miudinho, o simples facto de ter esperado 5 anos por este momento e que finalmente tinha chegado. Acho que ele próprio ainda não tinha consciência que o dia chegara...

O enlace deu-se num cenário bucólico, no Marco de canaveses, numa pequena quinta muito bonita e cheia de história... A cerimónia civil realizou-se no jardim, debaixo de algumas árvores centenárias. Depois dos trâmites legais e daquela ladainha toda da cerimónia, chegou finalmente a parte da troca de alianças. Quando o noivo abre a caixa que continha a aliança da noiva, o mesmo olha para todos os convidados e exclama: “a aliança não está aqui”. Logo ali a sua sogra pensava que era mais uma das suas habilidades e exclamou: “… já vais começar?” O facto é que a aliança não estava mesmo na caixa! Era ver todos os convidados de cabeça para baixo a procura da aliança e até mesmo a conservadora meteu mãos a obra. Depois de alguns segundos de rabo para cima, o noivo grita: “está aqui, afinal estava na caixa”. “És sempre a mesma coisa” replica a sogra. O noivo explicou que a aliança tinha deslizado por baixo duma almofada que ajudava a segurar a mesma. Será, não será? Mistério! Bem, pelo menos foi um momento digno de registo!

Uma coisa intrigava a noiva. Porquê que o noivo não tirava os óculos mesmo durante a cerimonia? Fácil, parece que lhe tinha “entrado algo para os olhos” e que devido a tal facto tinha esses cheios de lágrimas!

            Lá correu o jantar normalmente e finalmente chegou a hora de abrir o baile. A música escolhida pelos noivos foi de um musical francês: Notre Dame de Paris. O titulo da musica: Belle. Já tinha visto muita coisa, mas nunca tinha visto um noivo chorar tanto… O que se passa contigo!? No dia seguinte ele mesmo comentou que estava com medo. Todos os sinais indicavam que se estava a tornar numa gaja e numa gaja sensível (o que deixa ainda mais medo!). Debaixo daquela aparência de homem bruto e por vezes duro nas palavras, esconde-se uma pessoa que muito poucos conhecem. É claro que o …. que toda a gente conhecia não é o mesmo, a vida encarregou-se de o moldar e com uma ajuda da sua esposa (ainda a quem diga que as mulheres não fazem bem!).

 

 

            Foi um dia memorável que correu muito bem. O noivo irradiava felicidade por finalmente, e ao fim de tantos anos, ter casado com quem ama.

 

            Felicidades aos noivos!

 

 Video de abertura do baile.

tags:
sinto-me:

Desbrida a 15 de Setembro de 2009 às 21:40
Acho que tudo o que descreves se resume à partilha dos bons momentos de vida e sem dúvida as mulheres fazem milagres
Mas a melhor parte é sempre ver o nervosismo presente devido à importância do dia. para mais tarde gozar...ops enganei-me recordar! agora a sério, o mais importante é que sejam felizes claro!

Justiceiro a 16 de Setembro de 2009 às 15:59
As mulheres fazem milagres muito graças as pressões exercidas pelas mesmas! Tenho a certeza que eles são e continuaram felizes...

PEKENININHA a 19 de Setembro de 2009 às 20:24
Oh meu menino, e também estive no casamento!!! segundo sei, a noiva também estava super nervosa, mas no fim toda a gente se divertiu correu tudo muito bem...
Quanto ao facto de o noivo se estar a tornar numa gaja, não vejo qual é mal, aliás acho que é o melhor que pode acontecer a um homem.... é da maneira que se humanizam, pois os homens às vezes são umas verdadeiras bestas!!!
Resumindo, que sejam muito felizes e que tenham muitos meninos... o meninas!!!
Por agora é tudo, oh God make me good

Justiceiro a 20 de Setembro de 2009 às 15:50
Bestas? Não quererás tu dizer: FERAS !? Não sei com quem tu te dás mas nem todos os homens são assim como os descreves. Olha para mim por exemplo, além de ser totalmente o oposto, sou fofinho e queridinho... Sou aquele homem que fica sempre bem ao lado de qualquer mulher!!! Eu até tenho medo que me roubem, vê lá tu! Bem já chega por hoje de me vangloriar porque a minha vida não é só isto. A verdade é que se eu não digo bem de mim, quem irá dizer!!?
Beijos
Deus que te faça boazinha mas não para já!!! (isto faz lembrar as converças da S... que essa sim uma autentica boazinha que até do grupo de jovens faz parte)

_^ANGIE^_ a 22 de Setembro de 2009 às 13:01


O que me fartei de rir com isto!

E dizias tu que as mulheres são complicadas...

hã! hã! Pois vê-se...

As melhores felicidades ao teu amigo e diz-lhe que se o problema é a ideia de ficar com a mesma mulher até ao fim da vida, agora já há divorcios pela internet e sem o consentimento do conjuge. Nada está perdido. lololololol

Beijitos

PS- Com que então um blog sobre carne... Hum! A onde está ela?

Justiceiro a 22 de Setembro de 2009 às 15:05
O rapaz ainda agora casou e tu já estás a falar em divorcio? Ele ainda está na fase de estágio... Também tenho pena dele mas como gosto de o ver a sofrer não lhe vou dizer nada disso!! Tadinho . Um homem não tem o direito a ser sensível , não? Quanto a carne, não percebi!!!
Beijinho
Tenho dito (não queiras ver o circo a pegar fogo!).

_^ANGIE^_ a 23 de Setembro de 2009 às 13:08
Então achas que ele estava chorar porquê?!

Tu já imaginaste o que é pensar que vais ficar com aquela pessoa PARA SEMPRE!!! Já pensaste o peso que é. E ninguém está a dizer que el não gosta dela e que não quer ficar com ela... Mas é um pensamento avassalador e ainda por cima assinar um contracto a firmar isso. lololol Parece que estou a falar de um pacto com o diabo.

Então o blog não era dedicado a carne?! OPelo menos era o que dizia o primeiro post... Ou será outro tipo de carne?!

Mas li num comentário teu num blog qualquer que se tratava realmente de carne e que as nossas mentes é que eram poluidas. Pois, pois! Estou a ver...

lolol

Beijitos

ps - Sempre quero ver o circo pegar fogo

Justiceiro a 23 de Setembro de 2009 às 13:48
Não acreditas em amor eterno? A mulher é um bem demasiado precioso para usar e deitar fora. Tem de ser tratada com todo o cuidado e atenção. Embora eu dê a "sensação" de machista, sou muito cuidadoso nestes assuntos... (saí-me bem!?)
Quanto aos contratos eles são feitos para quebrar (se houver necessidade disso.)!
Isto de ser um blogue dedicado a carne... é como quem diz... era para ser, mas devido a conjuntura actual (fica sempre bem dizer isto) achei por bem ser um pouquinho mais sério (um pouquinho só). No inicio era para ser de carne mesmo, devido a alguns amigos que tenho, talhantes e apreciadores de boa carne. Mas nunca dessa carne que VOCÊS mulheres tanto falam. Não. Era mesmo carne carne, daquela para comer (se bem que a outra também dá para "comer"). Mas se realmente houver carne, concerteza que não será daquela do agrado da gaja. Sim porque geralmente, nós gajos, não gostamos do mesmo género de chicha que vocês... Mas como não és a única com tais pensamentos, tentando denegrir a minha imagem de menino bem comportado, acho que brevemente irei falar sobre carne e o prazer conferido pela mesma (chamado o prazer da carne)!! Não sei o que escrever, por onde começar (é que parecendo que não, sou muito anjinho!). Aceito sugestões .
Beijos
Tenho dito (não queiras ver o circo a pegar fogo!)

mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
16
17
18
19

20
21
24
25
26

27
28
29


pesquisar
 
PlanetaPortugues: O motor de busca de Portugal
nº de visitas da freguesia
encerramos ao Domingo
quantos fregueses andam por aqui agora
tradutor


.

Assista ao documentário

"O Mundo Perfeito de Jeová"

clicando em baixo