deixar comentário
publicado por Justiceiro, em 09.09.10 às 13:08link do post | | | favorito

Última actualização do dicionário de língua portuguesa - novas entradas:

 

Testículo: Texto pequeno


Abismado: Sujeito que caiu de um abismo

 

Pressupor: Colocar preço em alguma coisa


Biscoito: Fazer sexo duas vezes


Coitado: Pessoa vítima de coito


Padrão: Padre muito alto


Estouro: Boi que sofreu operação de mudança de sexo


Democracia: Sistema de governo do inferno


Barracão: Proíbe a entrada de caninos


Homossexual: Sabão em pó para lavar as partes íntimas


Ministério: Aparelho de som de dimensões muito reduzidas


Detergente: Acto de prender seres humanos


Eficiência: Estudo das propriedades da letra F


Conversão: Conversa prolongada


Halogéneo: Forma de cumprimentar pessoas muito inteligentes


Expedidor: Mendigo que mudou de classe social


Luz solar: Sapato que emite luz por baixo


Cleptomaníaco: Mania por Eric Clapton


Tripulante: Especialista em salto triplo


Contribuir: Ir para algum lugar com vários índios


Aspirado: Carta de baralho completamente maluca


Assaltante: Um 'A' que salta


Determine: Prender a namorada do Mickey Mouse


Detergente: Acto ou efeito de prender pessoas


Vidente: Aquilo que o dentista diz ao paciente


Barbicha: Bar frequentado por gays


Ortográfico: Horta feita com letras


Destilado: do lado contrário a esse


Pornográfico: O mesmo que colocar no desenho


Coordenada: Que não tem cor


Presidiário: Aquele que é preso diariamente


Ratificar: Tornar-se um rato


Violentamente: Viu com lentidão

 

 

E porque o saber não ocupa lugar...

 

 
Prontus: Usar o mais possível. É só dar vontade e podemos sempre soltar um 'prontus'! Fica sempre bem.

Númaro: Também com a vertente 'númbaro'. Já está na Assembleia da República uma proposta de lei para se deixar de utilizar a palavra NÚMERO, a qual está em claro desuso. Por mim, acho um bom númaro!


Pitaxio: Aperitivo da classe do 'mindoím'.

Aspergic: Medicamento português que mistura Aspegic com Aspirina 
 
Alevantar: O acto de levantar com convicção, com o ar de 'a mim ninguém me come por parvo!... alevantei-me e fui-me embora!'.

Amandar: O acto de atirar com força: 'O guarda-redes amandou a bola para bem longe'


Assentar: O acto de sentar, só que com muita força, como fosse um tijolo a cair no cimento.

Capom: Tampa de motor de carros que quando se fecha faz POM!

Destrocar: Trocar várias vezes a mesma nota até ficarmos com a mesma.

Disvorciada: Mulher que se diz por aí que se vai divorciar.

É assim...: Talvez a maior evolução da língua portuguesa. Termo que não quer dizer nada e não serve para nada. Deve ser colocado no início de qualquer frase. Muito utilizado por jornalistas e intelectuais.

Entropeçar: Tropeçar duas vezes seguidas.

Êros: Moeda alternativa ao Euro, adoptada por alguns portugueses.

Falastes, dissestes...: Articulação na 4ª pessoa do singular. Ex.: eu falei, tu falaste, ele falou, TU FALASTES...

Fracturação: O resultado da soma do consumo de clientes em qualquer casa comercial. Casa que não fractura... não predura.

Há-des: Verbo 'haver' na 2ª pessoa do singular: 'Eu hei-de cá vir um dia; tu há-des cá vir um dia...'

Inclusiver: Forma de expressar que percebemos de um assunto. E digo mais: eu inclusiver acho esta palavra muita gira. Também existe a variante 'Inclusivel'.

: A forma mais prática de articular a palavra MEU e dar um ar afro à língua portuguesa, como 'bué' ou 'maning'. Ex.: Atão mô, tudo bem?

Nha: Assim como Mô, é a forma mais prática de articular a palavra MINHA. Para quê perder tempo, não é? Fica sempre bem dizer 'Nha Mãe' e é uma poupança extraordinária.


Parteleira: Local ideal para guardar os livros de Protuguês do tempo da escola.

Perssunal: O contrário de amador. Muito utilizado por jogadores de futebol. Ex.: 'Sou perssunal de futebol'. Dica: deve ser articulada de forma rápida.

Prutugal: País ao lado da Espanha. Não é a Francia.

Quaise: Também é uma palavra muito apreciada pelos nossos pseudo-intelectuais... Ainda não percebi muito bem o quer dizer, mas o problema deve ser meu.

Stander: Local de venda. A forma mais famosa é, sem dúvida, o 'stander' de automóveis. O 'stander' é um dos grandes clássicos do português da cromagem...

Tipo: Juntamente com o 'É assim', faz parte das grandes evoluções da língua portuguesa. Também sem querer dizer nada, e não servindo para nada, pode ser usado quando se quiser, porque nunca está errado, nem certo. É assim... tipo, tás a ver?

Treuze:Palavras para quê? Todos nós conhecemos o númaro treuze. 

 

 

E assim se fala em bom português.

sinto-me:

Luisa a 9 de Setembro de 2010 às 16:18
Obrigada pelas gargalhadas!

Justiceiro a 10 de Setembro de 2010 às 14:59
Sempre as ordens... volte sempre!
Tenho dito.

Desbrida a 10 de Setembro de 2010 às 09:50
"Prontus" lá tás tu a implicar com o bom português "é assim do tipo" que "dissestes" que o pessoal fala tás a ber?!

p.s-morri para a bida...é que uso muitas vezes "do tipo.." e "é assim" fogoooooo


Justiceiro a 14 de Setembro de 2010 às 00:23
O pior é que também eu tenho as minhas fases azeiteiras! Agora ando numa de "bota aí" ou do género : "vou botar o lixo lá em baixo"... Eu faço de propósito , para picar a minha gaja, mas de tantas vezes a picar, que parece que apanhei o jeito! Agora até me saí sem querer...
A verdade é uma: quem nunca foi um pouco azeiteirola que atire a primeira pedra. E se o povo for do norte, então aí...
Tenho dito carago .

Susana Magalhães a 10 de Setembro de 2010 às 11:07
Só faltou uma palavra no bom Português:
Coisa: Uma coisa que serve para explicar uma outra coisa, que não nos lembramos do nome agora.

Mas as palavras que gosto mais é: amandar, alevantar. Ou então as pessoas quando se sentam pensam que são tijolos para se assentarem.

E a melhor de todas é DESTROCAR.. A palavra já devia estar no dicionário, porque ninguém diz: «Troque-me esta nota!»
E o melhor é que se corrigirmos alguém, essa pessoa acha que nós é que somos burros e eles é que estão certos. SANTA IGNORÂNCIA.

Justiceiro a 13 de Setembro de 2010 às 23:58
Destrocar... gosto dessa palavra! Ainda estou para perceber o que destrocar quer dizer... Destrocar uma nota de 5 euros: trocar e ficar com a mesma! Não? Já nem sei! É muito á frente e vai para além do meu alcance!
Como tu dizes: santa ignorância !
Tenho dito.

mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
15
16

19
20
21
22
23
24
25

28
29
30


pesquisar
 
PlanetaPortugues: O motor de busca de Portugal
nº de visitas da freguesia
encerramos ao Domingo
quantos fregueses andam por aqui agora
tradutor


.

Assista ao documentário

"O Mundo Perfeito de Jeová"

clicando em baixo